Saúde pública: Idosos paraibunenses de 85 a 89 anos recebem a primeira dose da vacinação contra Covid-19

O Departamento Municipal de Saúde já vacinou boa parte dos idosos do município, na faixa etária entre 85 e 89 anos, desde quando começou a utilizar à quarta remessa do imunizante contra a Covid-19, nos chamados grupos prioritários, entre eles profissionais da saúde (pública e privada), idosos e cuidadores do Lar Vicentino de Paraibuna, além de idosos de 90 anos pra cima.

No último dia 10/02, a cidade recebeu um novo lote de vacinas com um total de 297 doses da CORONAVAC – Sinovac/Instituto Butantan, destinadas à 2ª dose dos 179 profissionais da Saúde, idosos e trabalhadores do Lar Vicentino, e 118 doses para idosos de 85 a 89 anos.

Nesta segunda (15) e hoje (16), uma equipe do Departamento de Saúde do Município vacinou os idosos entre 85 e 89 anos, que compareceram à tenda instalada em frente à EMEI Dona Santinha Moura, das 9h ao meio-dia, para receberem a primeira dose do imunizante utilizado na proteção ao novo coronavírus.

A vacinação continua amanhã (17), no mesmo local e horário. Segundo informações da equipe do Departamento de Saúde que tem prestado atendimento aos beneficiários está previsto para esta quinta-feira (18) a vacinação de idosos da cidade e da zona rural que se encontram acamados.

A campanha de vacinação contra a Covid-19 segue o cronograma do governo do Estado, por meio do Comitê Administrativo Extraordinário, que trata das demandas da administração pública e do setor privado sobre as medidas para combate ao novo coronavírus.

PRÉ-CADASTRO NO SITE “VACINA JÁ”

O pré-cadastramento na campanha de vacinação contra a COVID-19 no site “Vacina Já” (www.vacinaja.sp.gov.br) economiza 90% no tempo de atendimento para imunização: leva cerca de 1 minuto para quem preencheu o formulário. Presencialmente, em média, a coleta de informações leva cerca de 10 minutos.

Segundo o Governo do Estado, a ferramenta ajuda a agilizar o atendimento e a evitar aglomerações. Não é um agendamento e o uso não é obrigatório para receber a vacina, mas utilizá-la contribui para melhorar a dinâmica dos serviços e a rotina do próprio cidadão. O pré-cadastro pode ser feito por familiares de idosos ou de qualquer pessoa que participe dos públicos previstos na campanha.

Outra maneira de fazer o pré-cadastro é por meio das agentes comunitárias de saúde, que visitam os idosos da faixa etária atendida pela vacinação, indo à casa dessas pessoas para providenciar o preenchimento do formulário sobre o andamento da imunização contra Covid-19.